1- Jornalismo impresso (jornais, revistas, cadernos, encartes, etc.);
2- Jornalismo on line (sites, hot sites, blogs);
3- Radiojornalismo (programas, entrevistas, reportagens);
4- Telejornalismo (programas,entrevistas, reportagens);
5- Fotojornalismo (fotos em reportagens sobre turismo);
6- #MeuBemPará

Jornalismo Impresso

Poderão concorrer reportagens, coberturas sequenciadas de eventos e cadernos especiais veiculados em revistas e jornais brasileiros ou de outros países, no período de 1º de Agosto de 2016 a 1º de Novembro de 2017. Deverão ser enviados via sistema de inscrição com o nome do veículo, nome do jornalista e a data na qual foi publicado. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, o candidato deve apresentar declaração formal escrita do veículo lhe creditando a autoria do trabalho.

Critérios de avaliação:

  • Adequação ao tema e ao Plano Ver-o-Pará e o Plano Pará 2030;
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);
  • Iconografia (qualidade e equilíbrio de fotos e ilustrações);
  • Criatividade e inovação (introdução de novas idéias e conceitos);
  • Estratégia utilizada;
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo;

Jornalismo on line

Poderão concorrer nesta categoria reportagens eletrônicas sobre o tema estabelecido veiculadas em portais, sites, revistas on line e blogs brasileiros na Internet ou de outros países, no período de 1º de Agosto de 2016 a 1º de Novembro de 2017. Deverão ser enviadas via sistema de inscrição, constando identificação do autor, do site e a data em que foram veiculadas. Os trabalhos deverão, obrigatoriamente, estar on line. Na ficha de inscrição devem constar o título da matéria e o link da página da internet. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, o candidato deve apresentar declaração formal escrita do veículo lhe creditando a autoria do trabalho.

Critérios de avaliação:

  • Adequação ao tema e ao Plano Ver-o-Pará e o Plano Pará 2030;
  • Design apropriado com a mensagem turística e jornalística;
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);
  • Estrutura de navegação (oportunidades de links para páginas ou sites correlatos, entre outros);
  • Interatividade e narrativa;
  • Recursos audiovisuais e multimídias ilustrativos da matéria;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo;

Radiojornalismo

Poderão concorrer reportagens e programas sobre o tema estabelecido, veiculadas em emissoras de rádios brasileiras ou de outros países no período de 1º de Agosto de 2016 a 1º de Novembro de 2017. Deverão ser enviados via sistema de inscrição, constando identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e a sua duração em minutos. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, o candidato deve apresentar declaração formal escrita do veículo lhe creditando a autoria do trabalho.

Critérios de avaliação:

  • Adequação ao tema e ao Ver-o-Pará e o Plano Pará 2030;
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);
  • Qualidade do áudio;
  • Qualidade da locução;
  • Qualidade da trilha sonora se houver;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas idéias e conceitos);
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo.

Telejornalismo

Poderão concorrer reportagens sobre o tema estabelecido, veiculadas em emissoras de televisão (canal aberto ou fechado) brasileiras ou de outros países no período de 21 de setembro de 2015 até 31 de julho de 2016. Deverão ser enviados no mínimo 02 (dois) CD´s ou DVD´s constando identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e a sua duração. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, o candidato deve apresentar declaração formal escrita do veículo lhe creditando a autoria do trabalho.

Critérios de avaliação:

  • Adequação ao tema e ao Plano Ver-o-Pará;
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem, imagens e edição);
  • Qualidade de imagem quanto à valorização da informação;
  • Excelência da mensagem passada quanto ao script, off e fala dos personagens;
  • Qualidade da trilha sonora se houver;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas idéias e conceitos);
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo.

Fotojornalismo

Poderão concorrer nesta categoria fotos (uma por inscrição) veiculadas em revistas e jornais brasileiros ou de outros países, no período de 1º de Agosto de 2016 a 1º de Novembro de 2017. Deverão ser enviadas via sistema de inscrição em que estejam visíveis o nome do veículo e a data na qual foi publicada. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, o candidato deve apresentar declaração formal escrita do veículo lhe creditando a autoria do trabalho.

Critérios de avaliação:

  • Adequação ao tema e ao Plano Ver-o-Pará e o Plano Pará 2030;
  • Qualidade técnica e interpretativa da imagem;
  • Qualidade estética;
  • Qualidade de imagem quanto à valorização da informação;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas idéias e conceitos).

#MeuBemPará

Essa categoria é voltada para internautas amantes da fotografia. #MeuBemPará é um tipo de postagem da fanpage oficial do Governo do Pará, cujo intuito é mostrar o olhar dos internautas sobre diversos temas relacionados ao Pará, como cultura, natureza, sol e praia, eventos e negócios, destacando, entre outros produtos, a gastronomia, patrimônio histórico e arquitetônico, manifestações culturais, artesanato, etc.

Poderão concorrer nesta categoria: fotos digitais publicadas no Instagram com a hashtag #MeuBemPará no período de agosto de 2016 a outubro de 2017, sobre o tema estabelecido no Prêmio de Jornalismo em Turismo.

A foto original deverá ser enviada no ato da inscrição, em ambiente virtual, junto com o link da postagem na rede social.

São itens classificatórios:

  • A qualidade da imagem
  • A estética apresentada
  • A adequação ao Plano Ver-o-Pará;

As fotos inscritas poderão ser utilizadas para fins institucionais, em ambiente virtual, podendo ilustrar postagens nas páginas do Governo do Pará, Secretaria de Comunicação, Secretaria de Turismo, Abrajet Pará entre outras, como por exemplo aniversários de cidades, Meu Bem Pará, datas comemorativas, etc.

As fotos inscritas NÃO serão utilizadas para fins publicitários e jornalísticos, não podendo ser veiculadas em anúncios, cartazes, folders, banners impressos, exceto quando se tratar de materiais de divulgação do próprio Prêmio de Jornalismo em Turismo, como publicações, reportagens, exposições, livros, revistas e outros formatos.

 

Universitário

A categoria Universitário é voltada para estudantes do curso de Comunicação Social para que desperte nos jovens a criatividade na produção de conteúdos jornalísticos voltados para o segmento do turismo com temas relacionados ao Pará, como cultura, natureza, sol e praia, eventos e negócios, destacando, entre outros produtos, a gastronomia, patrimônio histórico e arquitetônico, manifestações culturais, artesanato, etc.

Poderão concorrer nesta categoria, o estudante que produziu e publicou conteúdos, no período de agosto de 2016 a outubro de 2017, sobre o tema estabelecido no Prêmio de Jornalismo em Turismo.

O estudante pode inscrever os conteúdos produzidos em uma ou mais categorias, que são: Jornalismo Impresso, Jornalismo On Line, Radiojornalismo, Fotojornalismo,e Telejornalismo. Este trabalho poderá ser elaborado em equipe, mas para fins de premiação será feita a inscrição em nome de apenas um estudante.